Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

#MOMENTOS

Momentos são pequenas fracções de tempo em que algo, único e irrepetível, acontece e que o fotógrafo teve a capacidade de captar! Mostram-nos movimento, emoção e contam-nos uma história.

#MOMENTOS

Momentos são pequenas fracções de tempo em que algo, único e irrepetível, acontece e que o fotógrafo teve a capacidade de captar! Mostram-nos movimento, emoção e contam-nos uma história.

01
Ago15

Aldeia típica de José Franco

Armando Isaac

A Aldeia típica de José Franco, também conhecida como Aldeia Saloia localiza-se na aldeia do Sobreiro, no concelho de Mafra, distrito de Lisboa, em Portugal.
Construída pelo escultor e oleiro José Franco, representa as ocupações típicas do Portugal de antigamente em cenários em miniatura, com os respectivos instrumentos de trabalho, constituindo-se em um verdadeiro museu etnográfico. O espaço conta ainda com uma réplica de uma aldeia em tamanho natural, com miniaturas funcionais da região, área de lazer para as crianças com brinquedos, espaço de restauração e loja de artesanato em cerâmica.
A ideia da obra surgiu por volta de 1945, quando o artista imaginou construir, nas horas vagas, ao pé da casa em que vivia e trabalhava, um museu vivo dos costumes sua terra. Assim, como numa espécie de presépio, dedicou-se a reproduzir os costumes e as atividades laborais do seu tempo de infância e da vida do campo.
Desse modo, num espaço que hoje compreende cerca de 2.500m² apresenta:
• o moinho de vento onde se moi o trigo;
• a capela sob a invocação de Santo António;
• a azenha para moer o milho;
• a oficina de carpintaria com os respectivos utensílios;
• a mercearia ("loja da ti Lena");
• a cozinha saloia, onde todos os dias se coze o pão da região em forno a lenha, pão que pode ser adquirido no local;
• a ferraria;
• a adega, com respectivos utensílios;
• as lojas do barbeiro e do dentista;
• a casa do lavrador com o quarto e a salinha de estar e, à porta, o banco de pedra onde se sentam os namorados;
• a escola com sua lousa, suas carteiras e livros.
Num pequeno restaurante são servidos pratos típicos da região.

Fonte: Wikipédia

 

_DSC8894.jpg

 

_DSC8897.jpg

 

_DSC8898.jpg

 

_DSC8899.jpg

 

_DSC8900.jpg

 

_DSC8902.jpg

 

_DSC8903.jpg

 

_DSC8906.jpg

 

_DSC8910.jpg

 

_DSC8911.jpg

_DSC8912.jpg

 

_DSC8913.jpg

 

_DSC8914.jpg

 

_DSC8915.jpg

 

_DSC8916.jpg

 

_DSC8919.jpg

 

_DSC8925.jpg

 

_DSC8926.jpg

 

_DSC8932.jpg

 

_DSC8933.jpg

_DSC8938.jpg

 

_DSC8940.jpg

 

_DSC8941.jpg

 

_DSC8943.jpg

 

_DSC8944.jpg

 

_DSC8945.jpg

 

_DSC8958.jpg

 

_DSC8965.jpg

 

_DSC8974.jpg

 

_DSC8978.jpg

_DSC8979.jpg

 

_DSC8983.jpg

 

_DSC8984.jpg

 

_DSC8985.jpg

 

_DSC8987.jpg

 

_DSC8993.jpg

 

_DSC9002.jpg

 

_DSC9011.jpg

 

_DSC9020.jpg

 

_DSC9023.jpg

 

Fotos: © 2012 Armando Isaac   

 

 

8 comentários

Comentar post